Empresa familiar e seus desafios

A empresa familiar, na maioria das vezes, giram em torno do fundador e com o passar dos anos a empresa se popularizou sem a necessidade de definir formalmente as regras de coabitação e acordos societários.

O bom progresso dos negócios e a expansão empresarial podem causar confusão entre as relações familiares, comerciais e culturais, e o planejamento sucessivo é negligenciado ou visto como algo a ser considerado no futuro.

Nesse caso, todos correm o risco de uma saída inesperada e indesejável do patriarca. Nessa situação, a empresa perde sua referência e a família pode perder mais de um terço de seu patrimônio.

O planejamento sequencial vai além de definir o futuro da empresa, governança corporativa ou divisão de ativos.

Dessa forma, fazê-lo, os pais garantem o direito vitalício de desfrutar do que construíram, estabelecer regras, garantir a continuidade dos negócios.

Além de evitar desestruturação familiar e os custos extremamente elevados de inventários intermináveis e disputas legais.

Entre em contato e comece a fazer parte da construção do seu legado familiar.